Project Description

Texto e fotos: Isadora Stelmach e Laís Franklin

Colagem: Laís Franklin

Qual a função de uma etiqueta de roupa? Muito mais do que indicar o nome da empresa e as instruções de cuidado da peça, ela pode ser uma importante aliada para conhecer melhor o produto que você está adquirindo. Algumas marcas de moda consciente têm usado esse pequeno local para fazer verdadeiros manifestos a favor de repensar a relação de consumo. São ilustrações, frases e até QR Codes que indicam quem concebeu ou costurou aquela roupa, explicam o conceito da coleção ou até mesmo contam detalhes sobre as etapas da cadeia produtiva. Isso agrega um valor imaterial ao item e o cliente, ao ter essa mais transparência e proximidade, cria uma outra relação com a roupa: mais íntima e pessoal.

GARIMPADO DE QUEM E ONDE

É comum que donos de brechós saibam de onde veio a maioria de seu próprio acervo e até mesmo te contem um pouco sobre onde veio determinada camiseta ou jaqueta vintage. Mas ainda são poucos os espaços que deixam isso por escrito. O D.A.M.N Project é inovador exatamente por isso. Cada item garimpado possui uma etiqueta com as referências de qual bairro, país ou closet cobiçado veio aquela roupa. Isso gera apelo emocional com a compra. Essa é uma maneira curiosa e íntima de se relacionar e selecionar bem o que levamos para dentro do guarda-roupa. (foto: DAMN brechó jaqueta militar + foto camiseta adidas Thift-Tee)

INFORMAÇÃO É TUDO

Nada mais direto do que pegar uma peça de roupa na mão e ter escrito na etiqueta um pequeno manifesto sobre a marca, além de ícones indicando que a produção é vegana e consciente, como nas peças da Pipe. São informações simples, mas que mudam completamente a maneira de consumir porque valorizam, para além do preço, a peça de roupa, mostrando que ser sustentável está muito mais próximo do que se imagina.

MATERIAL DO BEM

A moda consciente é aliada da informação, e saber com precisão quais são e de onde vêm os materiais usados na criação de um acessório ou roupa nos faz pensar em todo o trabalho feito para que aquilo existisse. As bolsas e acessórios da marca Saissu, por exemplo, levam na etiqueta sua composição e a porcentagem de materiais reciclado que foram usados!

VOCÊ COLHE A ETIQUETA QUE VOCÊ PLANTA

Não só de palavras são feitas informações. Muitas vezes a melhor maneira de fazer pensar é sugerir uma ação diferente e inusitada que propaga boas ideias. Por isso, todas as etiquetas da marca Karmem são feitas com extratos de sementes, para que você possa plantá-las quando chegar em casa! Além disso, as etiquetas internas são feitas com extrato de garrafa PET reciclada. Consciente por dentro e por fora.

O QUE É ESSENCIAL PARA VOCÊ?

Armário-capsula é uma boa estratégia para diminuir a quantidade de peças paradas no guarda-roupa. Encabeçada pela londrina Susie- Faux na década de 1970, a proposta é ter um closet com poucas peças coringas e atemporais. A última coleção da estilista Giorgia Halal funciona exatamente nessa lógica: são oito peças feitas em linho e xxxxxx que podem ser transformadas em 30 looks diferentes.

PARCERIAS COM PROPÓSITO

A marca de roupas e acessórios, Jouer Couture, faz algo que parece bem óbvio quando paramos para pensar, mas que não acontece com muita frequência. Creditar os parceiros de confecção. Junto com a etiqueta da marca, as peças vêm com uma tag do grupo Pano Pra Manga, responsável por parte da produção delas, explicando um pouco sobre quem são e como achar mais informações online. Algo simples, mas que faz toda a diferença para saber de onde vem e por que mãos foram feitas aquele roupa.